Pedrada no sistema de hoje: Um Sonho.

Ontem eu sonhei o teu sonho.
Sonhei que os soldados,
cantando e dançando,
libertando-se de todo mal,
surgiam de todos os lugares
para velar o funeral
de todo arsenal
das ogivas nucleares.
No sonho,
os homens não eram escravos
nem de si, nem dos outros,
tampouco das cores,
pois o dinheiro
havia sido morto
no combate com o amor.
As crianças,
cravo e canela,
dançavam com as flores,
como não tinham fome
caçavam estrelas
e quando cansadas
tornavam-se nelas!
Sonhei
que as mulheres e os homens
não tinham coisas, mas sentimentos,
e em sinal de alegria,
plantavam suas orações
não de mãos espalmadas,
mas de braços dados
com o milagre do dia.
E Deus - todo pequeno gesto de amor -
não frequentava igrejas,
livros ou estátuas,
apenas corações…

Ontem,
sonhei o teu sonho
sem saber que também era o meu.

Sérgio Vaz.

"Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim."

Ausência - Carlos Drummond

Dentro de mim existem dois Eu’s
Um é silêncio
O outro é poesia
Um é realidade
O outro, pura utopia
Um é “só hoje”
O outro “todo dia”
Em um: os dois pés no chão
No outro: duas asas a voar 
Um diz: “Calma, respira, espera.”
O outro diz: “Preciso me declarar!”
Os dois Eu’s se encontram e se igualam em um momento.
Eu e Eu transbordam sentimento!

Poetizar-te sobre: A paixão e suas (de)CISÕES

D.M.

"

União e um brinde a legião,
levante-se e honre suas botas!
União e um brinde à legião
Sem trégua cantamos a revolta

Audacioso, ousado e capaz
Renegados e moscas de bar
Com perseverança, confiança vencerá

Dedo na ferida, não fique à deriva
Não importa credo ou cor
Não perca sua vida ruminando
Mentiras e rancor

"

Blind Pigs - União.

Eu não sou exigente, gosto de pessoas que pensam diferente.

"Eu moro em mim mesmo. Não faz mal que o quarto seja pequeno. É bom, assim tenho menos lugares para perder as minhas coisas"

Mário Quintana        (via palavrasfrias)

(Source: romantizar, via smoke-twojoints)

“Você pode se surpreender com a quantidade de coisas que o silêncio pode falar.”

Essa minha secura
essa falta de sentimento
não tem ninguém que segure,
vem de dentro.

Vem da zona escura
donde vem o que sinto.
Sinto muito,
sentir é muito lento.

Leminski

Minhas Gerais de J. A. Braga Barros. (o H de minhas é em itálico)

Horizontes?
dos
m
é
l
a
buscas
que
O

Sim, o mundo é cruel, as pessoas são más, ter esperança dói, mas eu resisto, preciso me manter intacta a isso tudo.